Obrigado a todos que fizeram isso possível: Leia mais

PSL 2.0 - A arquitetura e engenharia unificadas para a Cadeia Produtiva do SL


Description

O movimento de software livre com sotaque brasileiro é a origem da ASL.Org. Depois de duas edições do FISL organizado pela PROCERGS, a realização do evento em 2003 estava ameaçada. Então o grupo organizado no PSL-RS fundou a ASL.Org. Desde então a ASL.Org organiza o evento, marco político e organizativo que anualmente anima, organiza e orienta esse processo virtuoso de transformar a Informática Pública no Brasil. Essa é uma iniciativa estratégica porque os nossos equívocos políticos e econômicos tornaram a Informática Pública cada vez mais dependente e dominada pelas corporações do macrossetor. A ASL.Org se contrapõe a essa circunstância impulsionando o processo virtuoso apoiado no desenvolvimento de recursos e serviços de trabalhadores/profissionais e de capital locais. É um esforço difícil, mas um balanço justo mostra que alguns componentes essenciais dessa plataforma – Informática Pública – hoje têm participação relevante do software livre e em todos eles a ASL.Org foi importante para essa ocupação e para sustentá-la mesmo com o assédio dos “serviços das nuvens”. E o mais “inovador” e exclusivo foi o desdobramento do software livre no conceito mais evoluído na perspectiva da Informática Pública, o software público - que mesmo tendo uma implementação difícil, traz perspectivas muito potentes desde que o Estado [nacional] se liberte da “condição colonial” dominante na C&T e P&D no Brasil. O Projeto Software Livre é a mola-mestra da economia do desenvolvimento da Informática Pública. O Movimento vai construindo o ambiente econômico, cultural e institucional que integra com relações solidárias entre todos os agentes que o constituem para nele “conviver” e efetivar as ações de coordenação, cooperação, colaboração e compartilhamento que organizam, fazem funcionar e evoluir o ecossistema da Informática Pública. A medida que o ecossistema se desenvolve, o Projeto será absorvido até tornar-se uma cadeia produtiva integral, quando o ecossistema completar a sua maturidade.

Melhore esta página